segunda-feira, 18 de abril de 2016

Bangkok - de conhecer e chorar por mais!!!

Fellow travelers | Companheiros de viagem,

Adorávamos ter conseguido manter o Blog actualizado durante viagem como prometemos mas foi impossível. A pouca internet, o cansaço e a enorme quantidade de coisas para descobrir e criar, fez com que tivéssemos de adiar o update do blog até ao nosso regresso.

Mas aqui estamos cheias de vontade de partilhar as nossas história em BBK (bangkok) e Chiang Mai!

BANGKOK | city of Angels ou cidade dos Anjos | em Tailandês Krung Thep Maha Nakhon. 
uma perdição, uma cidade de amores e ódios e de muitos exageros! Cidade de aranha céus, super desenvolvida. Muito diferente do que achei que seria uma cidade do Sul da Asia.
O zumzum era constante, os carros eram muitos e as estradas multiplicam-se em vários níveis, desde túneis, viadutos a pontes e a auto-estradas.



Uma vida que nunca pára. Uma cidade que nunca dorme. Mercados que nunca acabam e muita, muita gente.

Percorremos o maior mercado de BBK - JJmarket - durante várias horas e vários dias e foi aqui que surgiu a inspiração para a primeira peça da nossa colecção - SHANTI SHOES! Revelaremos a história no próximo Post.
Neste mercado as massagens aos pés eram as "melhores amigas do homem", onde por 200Baths se faziam maravilhas durante 1 hora.

Para manter a força e a convicção o nosso almoço era invariavelmente Pad Thai e adorávamos, um prato típico Tailandês, do dia a dia. Onde noodles e vegetais se podiam misturar com porco, vaca ou camarões. Nos mercados de rua a comida era muitas vezes servida em pequenos sacos de plástico, principalmente o sticky rice.

e.. Mango Sticky Rice?! outra perdição, de comer e chorar por mais. A Fruta era óptima e estava sempre à disposição. Havia vendedores ambulantes em cada esquina com fruta fresca e já preparada por 40 Baths.

BATHS é a moeda de troca e por 1€ tínhamos 40. Regatear por aqui é pouco comum, mas com alguma convicção pode-se poupar uns trocos.

Por falar em convicção era sem duvida preciso muita para convencer um taxista a usar o "Taximeter", o qual se recusavam vivamente a usar!! Os Tuctucs percebemos que na Tailândia são apenas para turistas e a melhor maneira de nos movimentarmos em BKK era de metro ou BTS (sky train).




Depois de um jantar com amigos ficamos a perceber que Phra Khanong era o bairro ou district onde queríamos estar ou chamar "casa". Aqui vivem vários estrangeiros do mundo inteiro que trabalham em bkk e dessa forma criou-se um meeting point para conviver, comer de tudo o que há de melhor pelo o mundo, ouvir música e até mesmo ver uma "partida de futebol".



Dos vários bairros que visitámos o que mais nos surpreendeu foi o Bang Nam Phueng, que conhecemos através do seu mini e local "floating market". Uma pequena vila apenas a 15min de barco do centro, cruzando o rio para Sul. Onde, de bicicleta, nos perdemos numa floresta de Bamboo e descobrimos uma grandiosa biodiversidade, onde vimos crocodilos selvagens e visitamos lindas casas de madeira à beira rio. Um pulmão de bbk, ao género de Into the Wild.


SHANTI CHOICES, as nossas sugestões e escolhas para Bangkok:

Comunicação - muito fácil, quase todos falam Inglês

Cambio 1€ - 40Baths

Transportes - Metro e BTS

District (Bairro) para se hospedar / morar - Phra Khanong

District para sair - Nana

Comida - Pad Thai, pouca opção vegetariana ou W District para comida Internacional

Massagens - W District | Thai massage

Melhor Vista - Cielo Sky Bar

e em tom de um até já, deixo-vos com o Hino da Tailândia que tocava todos os dias às 8am e às 6pm.

Hoje já vai um pouco atrasado!



Com Amor,

Rebecca

BKK


Sem comentários:

Publicar um comentário